Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Viagem Interior é o primeiro álbum do Homem em Catarse.
Nele, ouvimos o reflexo da beleza da Natureza, dos locais e das gentes do interior de Portugal assim como sentimos toda a força que emana do seu isolamento forçado. Viagem Interior é um documento único para compreendermos uma parte do nosso Portugal.
Mas a aventura do Barcelense Afonso Dorido, também conhecido como Homem em Catarse, começou há uns anos atrás quando decidiu enfrentar as estradas e caminhos de Portugal munido da sua guitarra e da sua voz e colocar em música toda a beleza do nosso país dando a conhecer ao seu público pedaços de estórias e lugares que passam mais despercebidos.
Homem em Catarse EP de 2014, Mergulho no Cávado (single que faz parte dos Novos Talentos Fnac) e Guarda-Rios de 2015 editados pela Honeysound completam a discografia que chega agora à apoteose de um primeiro álbum, Viagem Interior.

www.homememcatarse.bandcamp.com
www.honeysound.com
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://0.fotos.web.sapo.io/i/o4412bc71/19939838_FWfC0.jpeg

O primeiro EP de Malapata, "Antas".

"Antas - aldeia à beira mar no norte do país e ponto de reunião inspiracional para Tiago Ferreira e José Pedro Vinagre - é o nome do primeiro registo dos Malapata. E é daí que partem, certamente em imaginados corcéis, para uma viagem sem termo pelos caminhos do amor, do ócio e da frustração. A trote ou a galope, a toada é suave e respirada, tanto quanto é decidida: a ideia é não voltar atrás. Numa referência a Midnight Cowboy de John Schlesinger, a capa do EP mostra os dois cúmplices a caminhar, como Joe e Ratso, em direcção ao que já não querem ser, aceitando que do outro lado está só a próxima lição.
São 5 canções assertivas, nascidas da guitarra e recortadas pelo embalo dos dias, que evocam dramas maiores em subtextos feitos de tarolas cavalgantes, tímpanos gloriosos, slide guitar tocado nos degraus da autocaravana estacionada na orla de um deserto de emoções ou declarações de interesse como a que encontramos no refrão de Mágoa das pedras: “quem te há- de salvar do que tinhas de melhor (…), quanto mais fácil for o dia, mais rancor ficou”. Em Antas há sol e brisa como há chuva e tempestade, contados com cinismo e delicadeza, como se vivessem presos dentro de uma história de embalar ou de uma melodia de Harry Nilsson". - por André Simão Reis
 
Download/streaming
www.malapatamusica.bandcamp.com

www.facebook.com/musicamapata
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://5.fotos.web.sapo.io/i/oc20855af/19877132_VjR1R.jpeg
Chega Setembro e damos as boas-vindas a Malapata.
Novidades em breve!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Filipe Miranda: letra, música, produção, voz, instrumentos  
Gravado na Casa del Sol e no SuNA, Esposende
Misturado por Álvaro Ramos na Cave, Porto
Guitarra solo: Sérgio Mendes

Download / streaming
www.filipemiranda.bandcamp.com/track/estrada

www.filipemiranda.net
www.honeysound.com
www.nadja.cf
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://6.fotos.web.sapo.io/i/o151387da/19477977_ZkaeO.jpeg

Os RATERE vão andar a rodar "POTA" pelo norte!
 
Próximas datas:
- 18 Junho / WarmUp Quintanilha Rock - Bragança
- 01 Julho / Contemplarte - Joane, Famalicão
- 08 Julho / Souto Rock - Barcelos 
 
www.ratere.bandcamp.com
www.facebook.com/ratere
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://6.fotos.web.sapo.io/i/o151387da/19477977_ZkaeO.jpeg

RATERE // POTA
A exploração sónica dos RATERE neste POTA é uma fantasmagoria sublime do carrossel rockeiro: a mecânica do krautrock mais bruto com a dinâmica de uma electrónica de doutrina analógica (repare-se só na ambiência espacial da segunda parte de Western Noodles); o riff indie-rock (Dinosaur Jr. à espreita) a conduzir a viagem espacial por entre detritos cósmicos de rock psicadélico, pós-rock (de vertente nórdica) e punk-rock abrasivo (Spicy Lagareted Octopus é uma autêntica road trip de circum-navegação intergaláctica); o repetitivismo supremo da guitarra eléctrica feito para o transe infinito comum a todas as linguagens do rock (FAO). POTA é, no fundo, como o recurso estilístico ao título indica, uma viagem exploratória tentacular de um bicho cefalópede de pés na cabeça, sendo aqui a cabeça o pulsar constante que atravessa o disco do princípio ao fim - o baixo-guitarra, o baixo-locomotiva, o baixo-propulsor. Se escutarmos bem esta espécie de bipolaridade dimensional, facilmente compreendemos a estrutura corpórea destes RATERE, as suas metamorfoses (de uma música para a outra e dentro da mesma música), as camuflagens de cor (aquele pós-rock que afinal é indie-rock-instrumental, e por aí fora) e, principalmente, a fórmula que usam para o movimento (absorvendo um mar sonoro de electricidades e expelindo-o com toda a força). Em It Was Nothing temos ainda o ultra-sofisticado atributo mágico do cefalópode: a capacidade de desenhar uma nuvem-fantasma de tinta a partir de si mesmo, neste caso uma nuvem-pop, azul-ultramarina, permitindo-lhe escapar com toda a elegância ao aturdido predador retromaníaco.” - João Tiago Esteves

 
+Info / créditos
Ratere: C.Ricardino, João Coutada, José Moutinho, Óscar Sousa, Ricardo Falcão, Tiago Rosendo // produção, mistura e master por José Arantes (B-house), Barcelos - 2016 /// convidados: André Simão & Graciela Coelho // Artwork de Pedro Oliveira
 
www.ratere.bandcamp.com
www.facebook.com/ratere
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://2.fotos.web.sapo.io/i/o6a09561a/19451700_qG1uz.jpeg
// DAILY MISCONCEPTIONS
Atlantic Sessions #01
-----------------------------------------
Savanna Caffé / 29 abr. / 23h
entrada livre
-----------------------------------------
"Daily Misconceptions nasceu num pequeno quarto nos arredores de Lisboa. O projecto de João M. Santos mudou-se entretanto para o Porto, mas a matriz musical continua a ser a mesma: electrónica de trazer por casa, melodias que nos lembram a pop mais melíflua e uma inocência própria de até alguns brinquedos utiliza como fonte de criação sonora. As falsas ideias quotidianas e as texturas orgânicas de coloração indefinida são a matéria prima para a criação de um mapa sincero, mas sempre imprevisível.
 
www.dailymisconceptions.net
 
// O concerto em Esposende está inserido na tour de apresentação do mais recente disco "Our Little Sequence of Dreams", editado pela ZigurArtists
streaming + download
 
// organização & apoios
  Casa del Sol / Savanna Caffe / Honeysound / NICE

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://5.fotos.web.sapo.io/i/o43098d06/19284612_wVzG1.jpeg

No dia 4 de Março é lançado o álbum "Slow Move" dos Grandfather's House, novos elementos da família Honeysound.
"Grandfather’s House surge em 2012 como one-man band por Tiago Sampaio, com lugar na voz, guitarra, bombo e tarola. Em 2013, a sua irmã, Rita Sampaio, passa a dar voz ao projeto e, mais tarde, preenche também as teclas. Depois de apresentado o EP de estreia - “Skeleton” - com esta estrutura, um novo elemento surge: João Vítor Costeira, por sua vez na bateria. Tendo percorrido vários locais de renome por todo o país - onde se incluem os festivais Avante, Paredes de Coura, Noites Ritual e Indie Music Fest - e com uma tour realizada em Espanha, totalizam já uma série de mais de 150 concertos realizados." - PR

Datas de apresentação confirmadas:
11 Março - Sé la Vie, Braga
26 Março - Cru, Famalicão
08 Abril - CCOB, Barcelos
15 Abril - Sabotage, Lisboa
 
www.fb.me/grandfathershouseoficial
www.bulletseed.ml
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://9.fotos.web.sapo.io/i/o1c08b293/19269601_D7pIO.jpeg

Filipe Miranda presente no festival itinerante Um Ao Molhe. Dia 19 em Barcelos, em nome próprio, interpreta a peça instrumental 'NiNi'; no dia 20 em Monção, veste a pele de The Partisan Seed.
"Depois de uns dias de descanso, no dia 19 de Fevereiro, sexta, o cubo faz-se à estrada até Barcelos. A partir das 22 horas, os concertos são no CCOBar, fazendo parte do elenco The Flamenco Thief, José Valente, Filipe Miranda apresenta NiNi e Helena Silva. De Barcelos, o carro vai diretinho para Monção, até ao Centro Cultural do Vale do Mouro. A noite de concertos arranca pelas 21h45, com The Partisan Seed, José Valente e Dawn:Bird."- UAM
 

www.thepartisanseed.net
www.filipemiranda.net
www.facebook.com/um.ao.molhe
www.fb.me/antescowboyquetoureiro
www.bulletseed.ml
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://0.fotos.web.sapo.io/i/o8e08be8f/19254232_uiw4e.jpeg

Villa Nazca atravessam uma metamorfose musical e apresentam-se agora como SuNA Mantra, com um EP gravado na Casa del Sol. Para uma edição limitada, a Honeysound associa-se ao SuNA Yoga e ao PLACCE. O disco estará disponível em breve.
 
www.villanazca.wordpress.com
www.suna-yoga.com
www.placce.blogs.sapo.pt
www.honeysound.com 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

"No próximo dia 26, Barcelos vai encher-se de música. Serão 10 horas non-stop de musica ao vivo, dispersas por vários locais da cidade. Trata-se do evento Prata da Casa que tem como objectivo criar impacto cultural e que conta com a colaboração voluntária de todos os envolvidos. O evento tem também a particularidade de ser com entrada livre." - PR
 
░ P R A T A DA C A S A ░ B A R C E L O S
░ 26 DEZ ░ 16H00 ‒ 02H00

░ GLOCKENWISE ░ LA LA LA RESSONANCE ░ BLACK BOMBAIM ░ RATERE ░ DUQUESA ░ DEAR TELEPHONE ░ TRESOR & BOSXH ░ HOMEM EM CATARSE

░ ROTA ░
16H ░ BAR DO XANO
17H ░ POPCAVE - CELSO CUNHA
18H ░ CCOB
19H ░ POP CAVE - CELSO CUNHA
20H ░ BAR CCOB
22H ░ BAR DO XANO
23H ░ CCOB
00H ░ CCOB
 
[lotações limitadas à capacidade das salas]
 
www.facebook.com/apratadacasa
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

09 DE JULHO - 22:00H | WARM UP
LARGO DO APOIO - BARCELOS

TRESOR & BOSXH
MANUEL MELO (DJ Set) - SINFONIAS DE AÇO

-------------------------------------------------------------------------------

10 DE JULHO - 22:00H | NOITE HONEYSOUND
LARGO DO APOIO - BARCELOS

MALCONTENT
SULFUR GIANT
MIKELE AND THE MATTRESS
HONEYSOUND SOUND SYSTEM

-------------------------------------------------------------------------------
11 DE JULHO - 22:00H | NOITE A.C.R. RORIZ
RORIZ - BARCELOS

MISS LAVA
THE DIRTY COAL TRAIN
THE WALKS
BLACK SMOKE OF BUDDHA
TOFU (DJ Set)

Todos os dias com entrada livre!

 www.soutorock.com
www.facebook.com/soutorock
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

No próximo sábado, Afonso Dorido estará em duplo showcase na Fnac. De referir que a canção "Mergulho no Cávado" está presente na compilação Fnac Novos Talentos 2015.
2015 » 04 JULHO / GAIASHOPPING / V.N.GAIA / 17H 
2015 » 04 JULHO / MARSHOPPING / MATOSINHOS / 22H 
+info > www.culturafnac.pt
 
TEREMOS SEMPRE PARIS
Tema inserido no disco "Guarda-Rios"
Honeysound 2015
--
Realização e edição / Miguel F
Vídeos capturados por / Afonso Dorido e Sónia Fernandes
Música / ‘Teremos Sempre Paris’ por Homem em Catarse
Gravada por Filipe Miranda, na Sala Zero em Barcelos, e nas ruas de Paris.
Misturado e Masterizado por Paulo Miranda no AMP em Viana do Castelo

www.homememcatarse.bandcamp.com
www.honeysound.com
miguel-f.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Atirem o meu Cadáver para uma Valeta traz de volta aos discos, em 2015, os FAT FREDDY, num registo em que a palavra emerge como principal novidade. A matriz rock que caracteriza a banda portuense desde 1998 está lá, tal como toda a vertente exploratória e experimentalista em que a narrativa de vida que dá corpo ao álbum é apresentada em quatro actos de afiados contornos sonoros e delico-doces experimentações sensitivas!...
Entre a quase morte e a euforia alinhada, um ser grita a sua existência, enquanto vagueia por estreitos caminhos, perdidos nas largas avenidas da vida. Ambientes enigmáticos, de tão realistas, ganham força na pulsão rítmica do baixo e nas pinceladas cinzas e singelas da guitarra, dos teclados e da electrónica. Pela palavra sucedem-se os cenários que têm tanto de real, como de negritude imaginária! Depois de «Fanfarras de Ópio» (Música Activa - 2003) e «Sem Nome» (Cobra - 2006), os Fat Freddy arrancam em definitivo em busca da valeta perfeita.
 
Os Fat Freddy são: Pedro Guedes Ferreira (guitarra, teclados e drum machines), Chinas Leite (baixo e voz) e Pedro Espada (voz e letras). «Atirem o meu Cadáver para uma Valeta» é o terceiro álbum da banda, é editado pela Honeysound e está disponível para compra em formato digital. Em breve, teremos uma edição física limitada, em formato CD.

< DOWNLOAD >
 

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO

www.facebook.com/fatfreddy.pt
www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

riotsoundeffect

Os Malcontent lançam segundo álbum de originais

A edição sai em formato CD (limitada) e, posteriormente, em vinil. O lançamento oficial do disco está marcado para o dia 29 de novembro no Sabotage Club em Lisboa e depois no dia 13 de dezembro no Porto, no Plano B.

Os malcontent são Filipe Pereira (bateria e percussão), Jorge Oliveira (baixo e distorção) e Sérgio Costa (guitarra e voz). /// “Riot Sound Effects” é o nome do segundo disco dos malcontent. Sucede a “Love the Gun” (2009) e aos ep’s “Erased” (2012) e “Riot ep” (2014). // “Riot Sound Effects” assume-se como um disco único em Portugal. A mistura de ruído com melodia remete a banda portuense para um universo onde apenas William S. Burroughs e Jack Kerouac permitem a entrada.  // O álbum é constituído por 9 temas. São 35 minutos de rock’n’roll com volume no máximo, pedais de distorção emocionalmente ligados ao delays e reverbs... numa sonoplastia abrangente que permite uma entrada livre a todos os amantes do som e uma saída caótica aos ouvintes mais sensíveis.
O disco foi gravado, produzido e misturado por Álvaro Ramos e masterizado por Miguel Pinheiro Marques no Bender Mastering Studio, no Porto. A capa de “Riot Sound Effects” foi desenhada pelo artista plástico brasileiro Eduardo Sama e a edição é da Honeysound. // Gravado no Unkle Rock Studio (Porto), o disco é editado com ajuda e o contributo dos fãs, através de uma plataforma de crowdfunding.

riot sound effects
1 – 35 blues
2 – one more second
3 – my world is falling
4 – unknown song
5 – ride your impatient soul
6 – this time is different
7 – broken faces
8 – living in denial
9 – the words i tell you more

Vídeo de apresentação: Riot Sound Effects

www.malcontent.com.pt 
www.facebook.com/malcontentofficial
www.malcontent1.bandcamp.com
www.vimeo.com/malcontentofficial
www.twitter.com/malcontentband

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tb_newsl.jpg
Novembro não poderia arrancar da melhor forma. Tresor&Bosxh são a excelente novidade que temos para vos oferecer. Disponível para free download e streaming.
Dois synths soltam frequências em rodopio que se dissipam sem destino para lá da estratosfera. Como é costume, numa cave meia cheia ou meia vazia, instaura-se o ritual da dança por entre nuvens de nicotina que revelam novas galáxias vistas a milhões de anos luz. A atmosfera é escura e densa, muito embora seja bastante natural avistar espectros subtis e fluorescentes por entre os rasgos de fumo ou poeira cósmica que acolhem a melodia doce por onde a guitarra vai levitando progressivamente. Por curiosidade, estamos em Barcelos, Terra. Tresor & Bosxh (também conhecidos por Tiago Rosendo e Ricardino Lomba) costumam andar por lá a pintar outras paisagens e odisseias com os Biarooz, Ratere ou Johnny Sem Dente. Desta feita trocam os pincéis pelos pixels de uma câmera digital para nos oferecerem uma fotografia de longa exposição capturada numa dessas noites onde qualquer bunker com serviço de bar pode ser o universo inteiro.” - Miguel Ferreira

Recorded, mixed and produced by Tresor&Bosxh at CazaGrande, Barcelos PT - September, 2014

Artwork by Miguel Ferreira

---

Tresor&Bosch são C. Ricardino (Biarooz / Ratere) e Tiago Rosendo (Johnny Sem Dente / Ratere). Fins de tarde bem passados a explorar as suas vertentes mais electrónicas levam ao nascimento de dois temas e a vontade de fazer mais. Ao comando dos seus synth’s, embarcam numa viagem espacial, e quem sabe talvez venham a ser os primeiros humanos a pisar marte.

 

www.tresorbosxh.bandcamp.com
www.facebook.com/tresorbosxh
www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

riotnet

Os Malcontent estão de regresso às estradas mais sónicas do país. Depois de um álbum e um EP, a banda apresenta um novo disco. "Riot EP" antecede o álbum "Riot Sound Effects", que tem edição prevista para novembro de 2014. Os novos temas contam com a participação de Fat Freddy, Alexfx e Rui Maia com novas e surpreendentes abordagens à sonoridade Malcontent. "Riot Sound Effects" não é apenas o título de uma canção ou de um álbum. É mais do que uma simples música. É, acima de tudo, o lema dos Malcontent. Noise, feedback, delay... William S. Burroughs. É Jack Kerouac "Pela Estrada Fora" ou David Lynch deambulando pela "Estrada Perdida". Este é um power trio que arrasta guitarras por caminhos que conciliam o ruído e a harmonia. Os Malcontent estão na estrada. A banda prepara uma digressão que vai passar por várias salas do país. De norte a sul.

Datas de apresentação de Riot EP:
3 Outubro - Guarda / Teatro Municipal
4 Outubro - Guimarães / Noc Noc - São Mamede CAE
29 Novembro - Lisboa / Sabotage Club
13 Dezembro- Porto / Plano B
 
www.malcontent.com.pt
www.facebook.com/malcontentofficial 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A anteceder o novo EP dos Malcontent, o vídeo de apresentação!
Riot Sound Effects:
- realização: antónio sabino produção: pedro medeiros (www.umsegundofilmes.com)
- edição: humberto rocha, hugo peixoto modelo: lu sequeira
- apoio: garage & stage (http://www.garageandstage.com)
- agradecimentos: sama, j. guedes

www.malcontent.com.pt
https://www.facebook.com/malcontentofficial
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2014 » 14 AGOSTO / CCOB / BARCELOS
2014 » 16 AGOSTO / PLÁTANO / RORIZ
Mikele and the Mattress vêm de Antuérpia e rumam ao sudoeste europeu para passar umas boas férias, gravar um disco e dar umas rockadas. A Honeysound entra na viagem e junta, no segundo concerto, o quinteto de rock progressivo sónico RATERE e o flow de SuNA SoundSystem à festa.

Eventos / +info > CCOB  //  PLÁTANO
 
MIKELE AND THE MATTRESS
www.facebook.com/mikeleandthemattress

RATERE
www.facebook.com/ratere
www.ratere.bandcamp.com

SuNA SOUNDSYSTEM
www.suryanamaskar.pt.to
 

Autoria e outros dados (tags, etc)