Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


2013 » 01 AGOSTO / FUSING CULTURAL EXPERIENCE - FIGUEIRA DA FOZ
 

"O aguardado regresso do projecto de Cláudio Mateus aos discos vai-vos trazer um conjunto coeso de dez canções num estilo pessoal e amadurecido onde o sentido melódico da sua voz é sustentado por texturas densas de guitarras. Um resultado interessante para não perder no FUSING Culture Experience."

Evento/página no Facebook > LINK

www.electricwillow.wordpress.com
www.myspace.com/electricwillowband
www.facebook.com/fusing.culture.experience
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

ELECTRIC WILLOW IV » DATAS DE APRESENTAÇÃO

2012 » 31 OUTUBRO / FNAC - COIMBRA / 22h

2012 » 03 NOVEMBRO / TUBO D'ENSAIO - FIGUEIRA DA FOZ / 22h

2012 » 23 NOVEMBRO / TEATRO ESTHER DE CARVALHO - MONTEMOR-O-VELHO / 22h30
 

Depois das edições de  Mood Swing (2006), “Nothing’s ever good enough “(2008) e “Majestic Lies” (2009),  anunciamos o lançamento do novo álbum de Electric Willow. “Electric Willow IV” é o aguardado regresso do projeto de Cláudio Mateus aos discos e traz-nos  um conjunto  coeso de dez canções  num estilo pessoal e amadurecido  onde o sentido  melódico  da sua voz   é sustentado por texturas densas de guitarras. O quarto álbum de originais de Electric Willow é o resultado de um ano de sessões de estúdio onde Cláudio Mateus contou mais uma vez com a participação dos músicos que desde sempre têm colaborado consigo. O disco foi gravado e co-produzido por Luis Pedro Silva que participou também como músico e irá acompanhar Cláudio Mateus  nas apresentações ao vivo  assegurando bateria, teclados e programações, num formato diferente do habitual. “Electric Willow IV”  é uma edição honeysound com lançamento a 31 de Outubro.

«Depois de Mood Swing (2006), editado pela Transporte, a viagem discográfica de Electric Willow assumiu a chancela do colectivo Honeysound, com Nothing’s Ever Good Enough (2008) e Majestic Lies (2009).
2012 marca o regresso de Cláudio Mateus – cérebro e alma do projecto – e dá continuidade à parceria com a editora barcelense. Dá pelo título de IV e retoma a imagem do crooner inquieto, sentado ao nosso lado, juntando a voz nua às vagas de guitarra. Chega-nos com o Outono, desafiante e simultaneamente delicado. É nesta espécie de clássico paradoxo que assenta a força maior dum álbum tão intenso como apaziguador, que por um lado expõe, sem artifícios, canções descomplexadas e enredos descarnados e directos, e por outro atreve-se em arranjos complexos e rendilhados, mensagens subliminares, como se contasse uma história cujo curso podemos escolher. É a história do autor. São as histórias de todos nós. Ou fragmentos da própria história do rock.
Quando terminei a primeira audição de IV, a minha versão da história estava montada. Começa por desenhar-se um pórtico de 3 temas: Wave, o momento mais eléctrico e musculado do álbum, é uma torrente de inquietação, que levasse o narrador a abandonar o 10º andar num subúrbio movimentado e voar avenidas fora ignorando os semáforos; Love to last é respirar fundo, abrir o tejadilho, deixar para trás o skyline da cidade e um aviso grave: “long is the road that brings you to me”; Country life desliga a ignição e faz caminhar até ao espaço de intimidade onde se desenrolam dúvidas e certezas: “ if only… you could take me back”. Chegados a esta catedral a céu aberto, arranjamos finalmente tempo para fechar os olhos ou abri-los contra a luz; sentar o amor numa rocha com o queixo pousado no punho fechado em Blue in everyone; correr vendados num descampado - em Dancing on a string - perigosamente perto do desfiladeiro que se abre em Wisdom for a song, o epílogo do álbum: “Here I stand for so long staring at your open valley / Where the calm river flows as you watch your dreams go by / Where you lie in the shade and your cattle’s slowly grazing / Won’t you rise up again, won’t you spread your wings and fly?”. Voar, talvez de volta ao 10º andar onde tudo começou.» - André Simão

 

www.electricwillow.wordpress.com

www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

2012 » 27 OUTUBRO / TUBO D'ENSAIO - FIGUEIRA DA FOZ / 22h
2012 » 28 OUTUBRO / RITZ CLUBE - LISBOA / 22h
Cavalheiro em apresentação do mais recente disco 'Ritmo Cruzeiro'. Lembramos que o EP está em download gratuito no site da Honeysound.

www.cavalheiro.com.pt
www.ritzclube.com
www.tubodensaio.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

2012 » 27 JULHO / TUBO D'ENSAIO / FIGUEIRA DA FOZ / 22h
2012 » 28 JULHO / PIOLHO / PRAIA DA TOCHA / 22h30
Filipe Miranda ruma ao centro com as canções de SpiritWalking na mala. Primeiro, estará num íntimo concerto no auditório do Tubo D'Ensaio; no dia seguinte, adivinham-se momentos de convívio com a gente da Praia da Tocha. Mais uma notícia: a partir desta semana, SpiritWalking pode ser adquirido em formato digital, também aqui > iTunes
 
www.thepartisanseed.net
www.tubodensaio.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


 

2010 » 10 JULHO / CENTRO CULTURAL VILA FLOR - GUIMARÃES / 22h30
2010 » 16 JULHO / FNAC - VISEU / 21h30
2010 » 23 JULHO / BUARCOS - FIGUEIRA DA FOZ / 22h00
2010 » 24 JULHO / FNAC - LEIRIA / 17h00
Os Electric Willow regressam em força aos palcos este mês de Julho, para dois concertos e dois showcases. A banda promove o seu terceiro disco de originais, "Majestic Lies", editado em 2009 pela Honeysound.
"Majestic Lies é o título do terceiro álbum da banda e integra onze novas canções gravadas e co-produzidas por José Arantes entre Abril e Julho de 2009. Uma edição Honeysound com distribuição da Compact Records. De relembrar que “Blunders”, o single de apresentação, está disponível no site da Honeysound, para download integral e gratuito." - P.R.

www.myspace.com/electricwillowband
www.cultura.fnac.pt
www.ccvf.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)


2010 »
01 JANEIRO / FIGUEIRA DA FOZ / 22h00
O ano de 2010 começa da melhor forma: com um concerto de Electric Willow. A banda está actualmente a promover o novo álbum "Majestic Lies".
"Electric Willow é formado por Cláudio Mateus (voz e guitarra), Adílio Sousa (baixo), Pedro Geraldo (bateria). Cláudio Mateus, vocalista dos extintos Caffeine, encontra neste trio a  fórmula  para  avançar num novo estádio de maturidade na escrita de canções." - P.R.

www.myspace.com/electricwillowband
ww.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2009 »
05 DEZEMBRO / FNAC - GUIMARÃES / 17h00

2009 » 05 DEZEMBRO / FNAC - BRAGA / 22h00
2009 » 07 DEZEMBRO / C.A.E. - FIGUEIRA DA FOZ / 22h00
Os Electric Willow em apresentação do novo álbum: dois showcases e um concerto.
"Apenas um ano passado sobre o lançamento de “Nothing’s Ever Good Enough” (Honeysound, 2008), e os Electric Willow já estão de regresso com um novo álbum. Este chama-se “Majestic Lies” e é composto por 11 novos temas, tudo numa edição da Honeysound. É o regresso sempre festejado por aqui da banda de Cláudio Mateus (voz e guitarra), Adílio Sousa (baixo) e Pedro Geraldo( bateria). “Blunders”, o single de avanço para o novo disco, está disponível para download livre e gratuito – inclui ainda o tema “Good Old Dog”. Um bom regresso." - A Trompa
 
www.myspace.com/electricwillowband
www.fnac.pt
www.cae.pt

 

Autoria e outros dados (tags, etc)