Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Viagem Interior é o primeiro álbum do Homem em Catarse.
Nele, ouvimos o reflexo da beleza da Natureza, dos locais e das gentes do interior de Portugal assim como sentimos toda a força que emana do seu isolamento forçado. Viagem Interior é um documento único para compreendermos uma parte do nosso Portugal.
Mas a aventura do Barcelense Afonso Dorido, também conhecido como Homem em Catarse, começou há uns anos atrás quando decidiu enfrentar as estradas e caminhos de Portugal munido da sua guitarra e da sua voz e colocar em música toda a beleza do nosso país dando a conhecer ao seu público pedaços de estórias e lugares que passam mais despercebidos.
Homem em Catarse EP de 2014, Mergulho no Cávado (single que faz parte dos Novos Talentos Fnac) e Guarda-Rios de 2015 editados pela Honeysound completam a discografia que chega agora à apoteose de um primeiro álbum, Viagem Interior.

www.homememcatarse.bandcamp.com
www.honeysound.com
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

INSOMNIA.jpg

THE PARTISAN SEED - INSOMNIA
‘Insomnia’ é o título do quinto álbum de The Partisan Seed. Depois de uma viragem mais solar com o disco anterior, o músico está agora de regresso a andamentos mais obscuros, materializados numa obra instrumentalmente mais despojada e liricamente mais negra. Como habitual, traça neste álbum um resumo (quase) biográfico que desta vez o conduziu a um mergulho num mundo interior, capturado em som, audível entre a luz e a sombra.
O álbum é lançado dia 7 de Abril de 2017 e conta com a participação de Helena Ressurreição (vozes) e Fátima Abreu Ferreira (fotografia). Gravado entre Caminha, Esposende e Barcelona. Misturado por Marco Lima e Filipe Miranda no Hertzcontrol Studio e na Casa del Sol.
 
INSOMNIA + SERVIDÕES
O dia de lançamento de 'Insomnia' é assinalado com um concerto de The Partisan Seed no Auditório do Turismo (CIT) de Esposende (no arranque de uma série já agendados). No mesmo dia, é inaugurada a exposição 'Servidões' de Fátima Abreu Ferreira. Entrada livre!
 
+Info: Ver mais / evento FB
 
www.thepartisanseed.net
www.facebook.com/thepartisanseed
www.fatimaabreuferreira.com
www.facebook.com/Nice.esposende 
www.cm-esposende.pt 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Disponbilizamos em conjunto com a Nädja uma edição especial em formato CD-mp3 (à semelhança de 'Clay For The Working Hands', 2010) com os últimos álbuns de The Partisan Seed já esgotados: 'SpiritWalking', 'Angels On The Boardwalk' e "Film". Tem como título '...And We're Finally Here'. A fotografia da capa é da autoria de Patrícia Pinto. O CD está apenas disponível em concertos ou através do Bandcamp e da Indiependente. Para encomendar: www.honeysound.bandcamp.com 
 
www.thepartisanseed.net
www.nadjagarden.wordpress.com
www.honeysound.com
www.nadacontece.tumblr.com
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://9.fotos.web.sapo.io/i/o57015812/20018444_HUrtK.jpeg

O novo disco de Indignu, disponível já em vinil.
"Em plena noite de bruxas, nasceu Ophelia. Veio ensanguentada, parecendo que antes de nascer já teria passado por todos os tumultos de outro mundo, mas é enigmático o aroma a alfazema que traz. Foi um parto duro, difícil, sofrido… Foram muitas as barreiras, é certo e ainda ninguém sabe como foi possível tanta perseverança, sacrífico e paciência. Talvez seja o que aconteça quando se dá tudo o que se tem e se inventa o que parecia não existir. Nasceu o terceiro filho de indignu [lat.] e a alegria é redobrada e amplificada a cada rotação do vinil. Ophelia é uma mulher com duas faces, dois rostos, dois carácteres. Bipolar em todos os sentidos, recusa comparações com o disco anterior. Ophelia é como que se de um lado “A/Norte/Este”fosse delicada, planante, emocional, impregnada de cenários sensoriais, clássicos, contemplativos. E do outro lado “B/Sul/Oeste”, agitada, desconcertante, negra, numa viagem sofrida e excêntrica." - PR
 
Dia 2 de Dezembro ao vivo no Hard Club
Ver mais - evento no facebook
 
www.facebook.com/indignu
www.indignu.bandcamp.com
www.honeysound.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://7.fotos.web.sapo.io/i/o7012c4aa/20013179_gftai.jpeg


Madrasta é a banda de Hélio Rafael Soares (guitarra), Manuel Molarinho (baixo) e Paulo Santos (bateria) onde o rock serve de base exploratória para paisagens cinematográficas e histórias sem voz. Gostam de ensaiar de dia e de criar descomprometidamente. Gostam pouco de falar sobre a música que fazem. Começaram a tocar juntos em 2013.

Matiné é o primeiro álbum da banda. Foi gravado, misturado e masterizado por Paulo Oliveira e produzido por este e pela banda em vários locais. A capa teve design de Adriana Santos a partir de fotos de Hélder Tavares.

Editado no dia 31 de Outubro com selo da Honeysound, disponível online e numa edição física limitada.
 
www.bandamadrasta.bandcamp.com
www.facebook.com/bandamadrasta
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vídeo para o tema Pr'a Aprender do novo EP "Antas".
Realização: João Freitas

www.facebook.com/musicamalapata
www.bandcamp.commalapatamusica
www.honeysound.com
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://0.fotos.web.sapo.io/i/o4412bc71/19939838_FWfC0.jpeg

O primeiro EP de Malapata, "Antas".

"Antas - aldeia à beira mar no norte do país e ponto de reunião inspiracional para Tiago Ferreira e José Pedro Vinagre - é o nome do primeiro registo dos Malapata. E é daí que partem, certamente em imaginados corcéis, para uma viagem sem termo pelos caminhos do amor, do ócio e da frustração. A trote ou a galope, a toada é suave e respirada, tanto quanto é decidida: a ideia é não voltar atrás. Numa referência a Midnight Cowboy de John Schlesinger, a capa do EP mostra os dois cúmplices a caminhar, como Joe e Ratso, em direcção ao que já não querem ser, aceitando que do outro lado está só a próxima lição.
São 5 canções assertivas, nascidas da guitarra e recortadas pelo embalo dos dias, que evocam dramas maiores em subtextos feitos de tarolas cavalgantes, tímpanos gloriosos, slide guitar tocado nos degraus da autocaravana estacionada na orla de um deserto de emoções ou declarações de interesse como a que encontramos no refrão de Mágoa das pedras: “quem te há- de salvar do que tinhas de melhor (…), quanto mais fácil for o dia, mais rancor ficou”. Em Antas há sol e brisa como há chuva e tempestade, contados com cinismo e delicadeza, como se vivessem presos dentro de uma história de embalar ou de uma melodia de Harry Nilsson". - por André Simão Reis
 
Download/streaming
www.malapatamusica.bandcamp.com

www.facebook.com/musicamapata
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://3.fotos.web.sapo.io/i/o67081082/19441242_Gqnvm.jpeg
Novidades RATERE
 
No dia 23 de Abril, os Ratere lançam o sucessor de 'Super Power Satellite' (2014). O disco chama-se 'POTA', foi gravado em 2015 entre o auditório do CCOB, a C-house e a Cazagrande, em Barcelos por José Arantes, C.Ricardino e João Coutada. É composto por cinco faixas e conta com os convidados André Simão e Graciela Coelho nas vozes e com o artwork de Pedro Oliveira.
 
Para já, segue em avanço este 'Spicy Lagareted Octopus' para streaming e download.
 

 

www.ratere.bandcamp.com
www.facebook.com/ratere
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://5.fotos.web.sapo.io/i/o43098d06/19284612_wVzG1.jpeg

No dia 4 de Março é lançado o álbum "Slow Move" dos Grandfather's House, novos elementos da família Honeysound.
"Grandfather’s House surge em 2012 como one-man band por Tiago Sampaio, com lugar na voz, guitarra, bombo e tarola. Em 2013, a sua irmã, Rita Sampaio, passa a dar voz ao projeto e, mais tarde, preenche também as teclas. Depois de apresentado o EP de estreia - “Skeleton” - com esta estrutura, um novo elemento surge: João Vítor Costeira, por sua vez na bateria. Tendo percorrido vários locais de renome por todo o país - onde se incluem os festivais Avante, Paredes de Coura, Noites Ritual e Indie Music Fest - e com uma tour realizada em Espanha, totalizam já uma série de mais de 150 concertos realizados." - PR

Datas de apresentação confirmadas:
11 Março - Sé la Vie, Braga
26 Março - Cru, Famalicão
08 Abril - CCOB, Barcelos
15 Abril - Sabotage, Lisboa
 
www.fb.me/grandfathershouseoficial
www.bulletseed.ml
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://6.fotos.web.sapo.io/i/o4f08c330/19268509_ucIoN.jpeg

Faz hoje precisamente dois anos que os Was An Outsider deram um concerto em Barcelos, inserido nos que se seguiram ao lançamento do disco '[+]' (uma série de concertos que ganhou o nome de 'Junky'). E é a gravação desse concerto, captada em som ambiente de sala, que faz este seu segundo disco. É uma faixa única com vários temas, tem a improvisação como linha condutora, com algumas reinterpretações de músicas do primeiro registo. Um momento único e irrepetível que, depois de vários atrasos no lançamento, verá agora a luz do dia. Está já disponível para pré-encomenda.
 
Bandcamp
... http://5.fotos.web.sapo.io/i/od7089cca/19268511_vvzOP.jpeg

 
www.wasanoutsider.com
www.honeysound.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://0.fotos.web.sapo.io/i/o8e08be8f/19254232_uiw4e.jpeg

Villa Nazca atravessam uma metamorfose musical e apresentam-se agora como SuNA Mantra, com um EP gravado na Casa del Sol. Para uma edição limitada, a Honeysound associa-se ao SuNA Yoga e ao PLACCE. O disco estará disponível em breve.
 
www.villanazca.wordpress.com
www.suna-yoga.com
www.placce.blogs.sapo.pt
www.honeysound.com 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

EDIÇÃO > "FILM"
É lançado a 21 de Dezembro "Film", de The Partisan Seed. "Film" é um conjunto de quatro faixas - com os títulos Wind, Earth, Fire, Water -, colagens remisturadas a partir de vários temas lançados ao longo do seu percurso em disco. The Partisan Seed revisita assim os seus quatro álbuns de longa-duração e algumas das músicas que foram inicialmente concebidas, idealizadas ou sugestivas de/para momentos cinematográficos.
  
CONCERTOS > VIGO (ES)
Ainda esta semana, The Partisan Seed participa num festival que é uma espécie de maratona: quatro concertos num dia, num regresso a Vigo (Galiza).
 
"O I Festival CHARENTON NOS NORTE é unha pequena iniciativa que aposta por un día de intervencións musicais nas salas dos vigueses Multicines Norte, coñecidos na cidade como o sitio onde se proxecta material que non segue únicamente o criterio comercial que manda na maioría. Pensamos que é apropiada a idea das actuacións musicais en cada sala coma se fosen sesións de cine, aproveitando a singulariedade de cada espazo e as posibilidades acústicas e de imaxe (todas as actuacións musicais terán tras delas a pantalla do cine emitindo imaxes sincronizadas coa música).
  
Programa / prezos / máis cousas
Actuacións simultáneas (cada grupo nunha sala)
Os grupos farán 4 pases: ás 11:00, 12:00, 13:00, e 14:00 horas.
Duración de cada actuación: 35-40 min.
 
SALA 1 - Branta (Vânia Couto, Coimbra) 
SALA 2 - The Partisan Seed (Barcelos)
SALA 3 - O pequeño camarada (Vigo)
SALA 4 - cintaadhesiva (Vigo)
 
Prezo da entrada: 9 € (válida para ver as catro actuacións, unha en cada sala)
"
 
Evento FB > ver evento
 
www.thepartisanseed.net
www.facebook.com/thepartisanseed
www.thepartisanseed.bandcamp.com
www.charenton.club/charentonnosnorte
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sonic Xmas and The Final Riot Assault
"Um ano de estrada com final no ponto de partida: Porto como é inevitável, o nosso eterno retorno. O ciclo "Riot Sound Effects" fecha-se, mas a poeira sónica não assenta. O caos regressa no próximo sábado no Cave 45 como prenúncio de uma nova era.  Apresentaremos um novo ep - "Denial EP" - com "outtakes" do último álbum, um novo vídeo e abriremos portas ao futuro testando novos temas. Todos os presentes terão como oferta o novo ep em formato digital.
A noite fecha com a presença do Dj António Jorge (Synergy Nights).
Noisy Xmas, Noisy Peace!
- malcontent
 
Local: Cave 45, Porto
Bilhetes: 3 euros (oferta de ep digital)
Portas abrem às 22h / Concerto às 23h
 



Vídeo  / ficha técnica:
Malcontent – “Living In Denial”
Realizado por António Sabino
Filmado por Igor Martins
Pós-produção: Hugo Peixoto
Concepção, screenplay e produção: António Sabino e Jorge Oliveira
Participação especial: Lu Sequeira (www.vimeo.com/luisasequeira) 
Do álbum “Riot Sound Effects”
 
www.facebook.com/malcontentofficial
www.soundcloud.com/malcontent-1
www.malcontent1.bandcamp.com
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

hec

"Se há altura perfeita, para inspirar o curso de um rio, espelho de raios de sol cada vez mais frequentes, é a Primavera. Na montanha inicia-se um trajecto que só um rio pode tomar. O término é só um, só poderia ser um: o mar. Contudo, entre um princípio e um fim há sempre a história toda, e há uma catarse em catadupa, que desta vez preferiu as asas primaveris de um pássaro sob um rio.

Guarda-Rios é fruto de um Homem em Catarse, que teve na retaguarda duas referências incontornáveis. Filipe Miranda, o talentoso músico The Partisan Seed, que captou e produziu cada nota, cada delay da guitarra e as longas palavras das letras propositadamente curtas. Depois o experiente Paulo Miranda que tem trabalhado com Old Jerusalem, Peixe:avião ou Legendary Tiger man fez o resto e deu asas a um pássaro seguro do rio que percorre.  Ilustração e design de Mário Rústico"

www.homememcatarse.bandcamp.com
www.facebook.com/homememcatarse
www.honeysound.com

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Local: Tubitek / Praça D. João I - Porto
Hora: 17:30 - 19:30

Os Malcontent lançam segundo álbum de originais em vinil. “Riot Sound Effects” sucede a “Love the Gun” (2009) e aos EP’s “Erased” (2012) e “Riot ep” (2014). O álbum é constituído por 9 temas. São 35 minutos de rock’n’roll com volume no máximo, pedais de distorção emocionalmente ligados ao delays e reverbs... numa sonoplastia abrangente que permite uma entrada livre a todos os amantes do som e uma saída caótica aos ouvintes mais sensíveis. Foi gravado, produzido e misturado por Álvaro Ramos e masterizado por Miguel Pinheiro Marques no Bender Mastering Studio, no Porto. A capa de “Riot Sound Effects” foi desenhada pelo artista plástico brasileiro Eduardo Sama e a edição é da Honeysound.

Neste evento, serão entregues os vinis adquiridos via crowdfunding.
> VER EVENTO / FB

www.malcontent.com.pt 
www.facebook.com/malcontentofficial
www.malcontent1.bandcamp.com
www.facebook.com/tubitekcdv

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

hec-single

"Parece que definitivamente o Inverno se está a ir embora. Logo aos primeiros momentos de uma segunda-feira, a Primavera vem para ficar e ainda por cima com um cheiro a Verão. Os crescendos habituais e ambiências flutuantes características do Homem em Catarse colidem com um beat bem marcado que até nos faz querer estar numa praia fluvial, no Cávado." - PR
O álbum de longa-duração 'Guarda-Rios' será editado em Junho!

 

www.homememcatarse.bandcamp.com
www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Atirem o meu Cadáver para uma Valeta traz de volta aos discos, em 2015, os FAT FREDDY, num registo em que a palavra emerge como principal novidade. A matriz rock que caracteriza a banda portuense desde 1998 está lá, tal como toda a vertente exploratória e experimentalista em que a narrativa de vida que dá corpo ao álbum é apresentada em quatro actos de afiados contornos sonoros e delico-doces experimentações sensitivas!...
Entre a quase morte e a euforia alinhada, um ser grita a sua existência, enquanto vagueia por estreitos caminhos, perdidos nas largas avenidas da vida. Ambientes enigmáticos, de tão realistas, ganham força na pulsão rítmica do baixo e nas pinceladas cinzas e singelas da guitarra, dos teclados e da electrónica. Pela palavra sucedem-se os cenários que têm tanto de real, como de negritude imaginária! Depois de «Fanfarras de Ópio» (Música Activa - 2003) e «Sem Nome» (Cobra - 2006), os Fat Freddy arrancam em definitivo em busca da valeta perfeita.
 
Os Fat Freddy são: Pedro Guedes Ferreira (guitarra, teclados e drum machines), Chinas Leite (baixo e voz) e Pedro Espada (voz e letras). «Atirem o meu Cadáver para uma Valeta» é o terceiro álbum da banda, é editado pela Honeysound e está disponível para compra em formato digital. Em breve, teremos uma edição física limitada, em formato CD.

< DOWNLOAD >
 

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO

www.facebook.com/fatfreddy.pt
www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

MIKELE-big

Depois de lançarem o EP na Bélgica, começam o ano de 2015 com a edição em Portugal. Para já, podem fazer download no bandcamp da banda; entretanto teremos uma edição física limitada criada para território português.
"Mikele and the Matress é um projecto com sede na Antuérpia. Começou como uma colaboração entre a extinta banda Botsotto com Mário e Michele. Rapidamente adoptaram novas posturas perante a música sob um novo nome. O primeiro EP, The Trains That Lead To Antwerp, produzido em colaboração com a Honeysound, consiste em 6 temas cujas sonoridades variam entre o progressivo, o psicadélico e o post-rock. O EP teve como base o trabalho de Herberto Helder. A banda: Mário (voz, guitarra, flauta), Michele (baixo, teclas), 'Kung Fu' James (bateria), Christophe (guitarra), Cedric 'Python' (guitarra, teclas).

 
www.mikeleandthemattress.bandcamp.com
www.facebook.com/mikeleandthemattress
www.honeysound.com

Autoria e outros dados (tags, etc)

riotsoundeffect

Os Malcontent lançam segundo álbum de originais

A edição sai em formato CD (limitada) e, posteriormente, em vinil. O lançamento oficial do disco está marcado para o dia 29 de novembro no Sabotage Club em Lisboa e depois no dia 13 de dezembro no Porto, no Plano B.

Os malcontent são Filipe Pereira (bateria e percussão), Jorge Oliveira (baixo e distorção) e Sérgio Costa (guitarra e voz). /// “Riot Sound Effects” é o nome do segundo disco dos malcontent. Sucede a “Love the Gun” (2009) e aos ep’s “Erased” (2012) e “Riot ep” (2014). // “Riot Sound Effects” assume-se como um disco único em Portugal. A mistura de ruído com melodia remete a banda portuense para um universo onde apenas William S. Burroughs e Jack Kerouac permitem a entrada.  // O álbum é constituído por 9 temas. São 35 minutos de rock’n’roll com volume no máximo, pedais de distorção emocionalmente ligados ao delays e reverbs... numa sonoplastia abrangente que permite uma entrada livre a todos os amantes do som e uma saída caótica aos ouvintes mais sensíveis.
O disco foi gravado, produzido e misturado por Álvaro Ramos e masterizado por Miguel Pinheiro Marques no Bender Mastering Studio, no Porto. A capa de “Riot Sound Effects” foi desenhada pelo artista plástico brasileiro Eduardo Sama e a edição é da Honeysound. // Gravado no Unkle Rock Studio (Porto), o disco é editado com ajuda e o contributo dos fãs, através de uma plataforma de crowdfunding.

riot sound effects
1 – 35 blues
2 – one more second
3 – my world is falling
4 – unknown song
5 – ride your impatient soul
6 – this time is different
7 – broken faces
8 – living in denial
9 – the words i tell you more

Vídeo de apresentação: Riot Sound Effects

www.malcontent.com.pt 
www.facebook.com/malcontentofficial
www.malcontent1.bandcamp.com
www.vimeo.com/malcontentofficial
www.twitter.com/malcontentband

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tb_newsl.jpg
Novembro não poderia arrancar da melhor forma. Tresor&Bosxh são a excelente novidade que temos para vos oferecer. Disponível para free download e streaming.
Dois synths soltam frequências em rodopio que se dissipam sem destino para lá da estratosfera. Como é costume, numa cave meia cheia ou meia vazia, instaura-se o ritual da dança por entre nuvens de nicotina que revelam novas galáxias vistas a milhões de anos luz. A atmosfera é escura e densa, muito embora seja bastante natural avistar espectros subtis e fluorescentes por entre os rasgos de fumo ou poeira cósmica que acolhem a melodia doce por onde a guitarra vai levitando progressivamente. Por curiosidade, estamos em Barcelos, Terra. Tresor & Bosxh (também conhecidos por Tiago Rosendo e Ricardino Lomba) costumam andar por lá a pintar outras paisagens e odisseias com os Biarooz, Ratere ou Johnny Sem Dente. Desta feita trocam os pincéis pelos pixels de uma câmera digital para nos oferecerem uma fotografia de longa exposição capturada numa dessas noites onde qualquer bunker com serviço de bar pode ser o universo inteiro.” - Miguel Ferreira

Recorded, mixed and produced by Tresor&Bosxh at CazaGrande, Barcelos PT - September, 2014

Artwork by Miguel Ferreira

---

Tresor&Bosch são C. Ricardino (Biarooz / Ratere) e Tiago Rosendo (Johnny Sem Dente / Ratere). Fins de tarde bem passados a explorar as suas vertentes mais electrónicas levam ao nascimento de dois temas e a vontade de fazer mais. Ao comando dos seus synth’s, embarcam numa viagem espacial, e quem sabe talvez venham a ser os primeiros humanos a pisar marte.

 

www.tresorbosxh.bandcamp.com
www.facebook.com/tresorbosxh
www.honeysound.com

 

Autoria e outros dados (tags, etc)